Menu

De faxineiro a bilionário: conheça a história do criador do WhatsApp

Jan Koum é um dos criadores do WhatsApp e tem um patrimônio avaliado em US$ 6,4 bilhões. Quem vê o empresário bem sucedido nem imagina o passado simples e difícil desse ucraniano de 36 anos. Em um extenso e revelador perfil, a revista Forbes contou a trajetória dele, que aos 16 anos trabalhava como faxineiro.

Koum, que criou o Whatsapp em sociedade com Brian Acton, nasceu e cresceu em uma pequena vila da Ucrânia, onde não tinha acesso a coisas simples como água quente e telefone. Aos 16 anos, ele e sua mãe, uma dona de casa, foram morar nos Estados Unidos. Lá o empresário trabalhou como faxineiro em uma mercearia para ajudar nas despesas de casa.

Apesar de ser considerado um 'aluno encrenqueiro' no colegial, segundo a Forbes, Koum conseguiu uma vaga na Universidade de San José. Ele não chegou a concluir o curso, mas gostava muito de tecnologia e logo se juntou a um grupo de hackers chamado w00w00.

De faxineiro a bilionário: conheça a história do criador do WhatsApp

Mas sua vida começou a mudar realmente quando ele conseguiu um emprego para inspecionar o sistema de publicidade da Yahoo!. Entre 2000 e 2007 ele trabalhou na empresa e foi lá que ele conheceu Brian Acton. Eles logo tornaram-se amigos e o então colega de trabalho foi quem apoiou Koum quando sua mãe faleceu em decorrência de um câncer, em 2000.

Em 2009, fora do Yahoo! Koum e Acton criaram o WhatsApp, inicialmente com versão apenas para iPhone. Mas o aplicativo fez sucesso rapidamente e em 2015 chegou a mais de 450 milhões de usuários, dos quais 72% usam o aplicativo diariamente.

Em meados de 2014, os sócios receberam diversas propostas para vender o WhatsApp. Entre os interessados, dois gigantes da web: o Google e o Facebook. Mas o serviço acabou sendo vendido para o Facebook por US$ 19 bilhões.


Sociais

Claudio Jesus

Bastidores e Fofokids: Blog de notícias, fofocas sobre celebridades, esportes e curiosidades, cultura e muito mais em um só lugar: então, curta na net.

Deixe seu Comentário:

0 comentários:

Deixe seu comentário, participe do blog!