Menu

31 de julho é Dia Mundial do Orgasmo

Criado há exatamente 30 anos por sexshops britânicos, o Dia Mundial do Orgasmo é comemorado nesta quarta-feira, 31. O tema é debatido no mundo inteiro e mesmo assim, muitas mulheres desconhecem a sensação de chegar ao “ponto alto” do prazer.

De acordo com um estudo organizado pelo Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (USP), aproximadamente um terço das mulheres brasileiras nunca tiveram um orgasmo. Em entrevista ao Portal A Tarde, a Psicóloga e Especialista em Sexologia Clínica Cláudia Meireles fala um pouco sobre o assunto.


“Se todas as mulheres com vida sexual ativa respondessem a uma pesquisa sobre o orgasmo esse percentual, certamente, seria maior, visto que a sexualidade e a relação sexual ainda são impactadas pelos tabus e pela falta de educação sexual”, diz.

As causas para um número tão expressivo podem ser muitas. Segundo a especialista, algumas doenças e uso de medicamentos podem impedir que uma mulher tenha um orgasmo. Além disso, o desconhecimento do próprio corpo e questões psicológicas também podem ser um empecilho.

Uma dica que a sexóloga dá é se concentrar no momento. “A mulher fica mais propensa ao orgasmo quando ela está mais excitada, sem autocobranças, se envolvendo na relação, sem medos ou vergonhas e se permitindo experienciar a grande brincadeira que é a relação sexual”.

Para driblar as dificuldades, alguns recursos podem auxiliar para que o clímax seja alcançado. Nos sexshops é possível encontrar uma diversidade de produtos que prometem ajudar homens e mulheres a prolongar o prazer.

“Sexo é uma brincadeira entre adultos, portanto, os sexshops representam as lojas de brinquedos dos adultos e elas disponibilizam produtos recreativos, os quais tendem a propiciar um clima descontraído, diminuindo as ansiedades e ajudando a prolongar a brincadeira”, destaca Cláudia.

Vale lembrar que nem sempre é necessário uma relação sexual ou masturbação para obter um orgasmo. “Todo o corpo é erotizável, podendo assim o orgasmo ser deflagrado independente da área que é estimulada. Às vezes, só em beijar, acariciar o/a parceiro/a fica-se tão excitado que atinge o orgasmo sem o contato com a genitália”, comenta a especialista.

Os benefícios de chegar ao ponto alto do prazer são inúmeros e a sexóloga destaca alguns. “O orgasmo é a descarga da tensão sexual, do tesão, após o orgasmo atinge-se um estado de bem estar psicofísico, o que é saudável, podendo diminuir as tensões e ansiedades”.

(Atarde)
Sociais

Claudio Souza

Bastidores e Fofokids: Blog de notícias, fofocas sobre celebridades, esportes e curiosidades, cultura e muito mais em um só lugar: então, curta na net.

Deixe seu Comentário:

0 comentários:

Deixe seu comentário, participe do blog!