Menu

Policial prende assaltante e jornalista Lo-Hanna Magnavita defende o bandido!

Vídeo mostra confusão com PM à paisana armado e repórter da TV Cabrália/Record e marido dela
O vídeo mostra um homem, de camisa polo verde e calça jeans, supostamente policial e ainda não identificado, com a arma na mão, discutindo no meio de uma rua em Itabuna, com a apresentadora e repórter da TV Cabrália, afiliada da Record no sul da Bahia, Lo-Hanna Magnavita e o marido dela. Segundo site iPolitica, a discussão teria começado porque a jornalista e o marido tentaram apaziguar os ânimos entre o policial e uma pessoa, possivelmente um adolescente, que supostamente teria roubado um mercado no bairro Conceição daquela cidade.

jornalista Lo-Hanna Magnavita 

De acordo com o site G1, a mulher repórter disse que ela e o marido foram comprar pão em uma padaria da região, quando um menino saiu correndo do local após roubar biscoitos, foi quando, o homem identificado como policial começou a agredir o menino, quando o marido dela tentou intervir para amenizar a situação. A confusão entre eles teria começado neste momento.

O vídeo começa com a voz da repórter dizendo algo como: “Vai atirar, vai?” e na sequência o marido dela fala: “Sai você”, ao que o policial fala: “Sai daqui, vai”. O marido da repórter, de blusa preta, calça clara e uma sacola na mão, diz: “Chama a polícia, chama a polícia”, enquanto os dois se empurram, mas mantêm a distância. O PM responde: “Chama a polícia, chama” e quando o outro e aproxima ele reage com um soco, que não acerta o homem. É quando a repórter diz: “Cara idiota” e o PM fala que “o cara está roubando aqui no mercado e você vem com negócio de história”.

Lo-Hanna retruca: “Não importa se ele está roubando, você precisa fazer isso tudo?”. O marido dela diz que o PM “está mais errado do que ele [o suposto ladrão]”. Nessa hora o PM, ainda com a arma na mão esquerda, diz para o outro tirar o dedo da cara dele e então se dirige à repórter com o dedo em riste e fala: “Olha, se você divulgar isso aí você vai… [restante difícil de entender]”, ao que ela responde que vai divulgar, “porque você não tinha o direito de usar essa arma não”. Dá para ouvir o marido dela dizendo “Tu vai falar com ela desse jeito?”. O PM se dirige a ele e diz: “Bora?”. O marido pergunta: “Bora pra onde?”. O PM: “Oxen, oí…”. O marido de Lo-Hanna diz: “Você acha que eu vou fazer a mesma coisa que você, é? Seu otário”. O PM coloca a arma no bolso e diz: “Venha”. A repórter fala: “Deixa ele. Amanhã ele vai ver o dele, amanhã”. O policial volta a falar que o suspeito (que não aparece no vídeo) estava roubando: “Ele tá roubando, ele tá roubando”. A jornalista grita: “Não interessa se ele está roubando, não”.

jornalista Lo-Hanna Magnavita e confusão com policial

O marido chega mais perto do PM e fala: “E você baixou sua bola, agora, né? Agora você baixou sua bola”. O PM abre os braços e pergunta: “Baixei bola de quê?”. A repórter continua filmando e fala: “Rapaz, deixa de ser louco”. O marido dela diz de novo: “Agora você baixou sua bola”. Ela fala que está filmando já, é quando o policial acerta um soco no rosto do marido dela, enquanto fala: “Filma aí, vá” e se prepara para continuar brigando. “Filma aí mais, filma aí mais, diz e se coloca em posição de luta. Lo-Hanna Magnavita, então volta a dizer que o PM é louco: “Rapaz, rapaz, você é louco mesmo, né?” e o ameaça de processo: “Você vai levar um processo por agressão”.

Em certo momento a câmera gira e ela grita para o marido: “Não bata nele, Paulo! Não bata nele. Não vá na dele. Você não é igual a ele” e, se dirigindo ao PM fala: “Você é um covarde”. O PM vai na direção do suspeito, que não aparece nas imagens, aponta de volta a afirmar: “Ele roubou, ele roubou, ele roubou”. A repórter insiste: “Você acha que você tem uma arma…”. O PM continua dizendo que o suspeito roubou. O marido de Lo-Hanna pergunta: “Mas, você fez o quê?” e ela questiona o PM: “Você acha que você tem uma arma você tem o direito de bater em qualquer pessoa?”. É quando o PM bate na câmera, que vai ao chão. O policial xinga: “Vai tomar no … (resto da frase não compreensível)”.

A jornalista pergunta se ele vai bater nela: “Você vai me bater mesmo, é?”. Ouve-se o marido dela dizer “peraí”, como se fosse reagir, mas ela diz que não: “Não, não…”. O marido pede que ela o solte: “Me solta, amor”. Ela não solta e repete, com seu rosto aparecendo parcialmente na imagem: “Não, não. Não bate nele, você não é igual a ele. Ele é um covarde”. Enquanto isso o PM diz mais de uma vez: “Venha mais” e se coloca pronto para continuar brigando: “Vá, vá”. A repórter volta a chamá-lo de covarde e continua impedindo o marido de reagir: “Não vai, não vai”, diz ela, enquanto o homem pede para que ela o solte: “Peraí, me solta, me solta”. No fundo, a voz do PM: “Vá, vá”.

A repórter Lo-Hanna Magnavita, então, pede ajuda: “Alguém chama a polícia”.  o policial volta a aparecer no vídeo, pegando algo no chão e o marido da repórter diz: “Eu não quero te bater, não, meu filho. Eu quero te medir você como homem”. O PM fala: “Bater o quê?” e dá outro soco no marido da repórter quando ele se aproxima. A última cena é dele jogando fora o que havia pegado no chão e dizendo: “Venha mais, venha…”

O vídeo dura 1 minuto e 36 segundos e não dá para saber como a confusão acabou.

Segundo o blog Bahia News, hoje pela manhã, a jornalista usou os stories do Instagram para esclarecer o caso. Segundo ela, um adolescente foi agredido pelo policial após furtar dois pacotes de biscoitos do estabelecimento. Ainda Lo-Hanna Magnavita, ela e o marido fizeram o exame de corpo de delito no Complexo Policial de Itabuna, onde o caso foi registrado.

ENTIDADE DE CLASSE SE MANIFESTA

A Associação dos Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia (Aspra) emitiu nota de solidariedade ao PM e chamou a atitude da jornalista e do marido de “temerária, imperita e imprudente” e diz que os dois teriam colocado “as próprias vidas e vidas de terceiros em perigo”. De acordo com a Aspra, o PM é “conhecido do proprietário” do mercado, e “estava passando nas imediações” quando ficou sabendo que um homem já conhecido por crimes no comércio estava furtando o local”. A entidade repudiou a ação do casal, se solidarizou com o PM e “disponibilizou o corpo jurídico para acompanhar o caso e tomar todas as providências cabíveis em defesa do policial”.

O BLOG não teve acesso a manifestação da Polícia Militar, da emissora onde trabalha a repórter, tampouco pôde ouvir os envolvidos.

LEIA A NOTA NA ÍNTEGRA DA ASPRA

A ASPRA BAHIA REGIONAL DE ITABUNA, vem por meio desta repudiar a atitude de um casal que na noite de ontem de por imprudente tentou intervir e atrapalhar uma ação legítima de um policial à paisana.

O fato aconteceu num supermercado no Bairro Conceição. O Policial que é conhecido do proprietário, estava passando nas imediações e foi avisado que um homem já conhecido por crimes no comércio estava furtando o local. Ato continuo o Policial conteve o criminoso e cuidou de imobiliza-lo para acionar o 190.

De forma temerária, imperita e imprudente um casal passa então a tentar intervir na ocorrência, filmam o Policial, colocam a própria vida e a vida de terceiros em risco, inicia-se então um entrevero.

A atuação do Policial em conter o meliante foi dentro da técnica e encontra-se respaldada por ter agido no estrito cumprimento do dever, bem como em legítima defesa de terceiros.

A ASPRA BAHIA repudia o comportamento do casal que colocou as próprias vidas e vidas de terceiros em perigo.

A ASPRA BAHIA se solidariza com o Policial Militar e já disponibilizou o corpo jurídico para acompanhar o caso e tomar todas as providências cabíveis em defesa do Policial.

Itabuna, 28 de agosto de 2019
Sociais

Claudio Souza

Bastidores e Fofokids: Blog de notícias, fofocas sobre celebridades, esportes e curiosidades, cultura e muito mais em um só lugar: então, curta na net.

Deixe seu Comentário:

1 comments:

  1. casal vagabundo defensor de bandidos...ainda bem que ela foi afastada e tomara que não volte..casal de imundos! ficaram com peninha do ladrão? leva ele pra casa de vcs, seus imbecis!!!!! o policial foi muito paciente, deveria ter largado o aço nesse casal picolé de chuchu!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, participe do blog!